Domingo, 14 de Julho de 2024
(61) 99300-9675
Dólar comercial R$ 5,43 0%
Euro R$ 5,93 0%
Peso Argentino R$ 0,01 +0.052%
Bitcoin R$ 343.187,87 +3.531%
Bovespa 128.896,98 pontos +0.47%
Economia NEGÓCIOS

Práticas financeiras de toda empresa de sucesso

Organizar a parte do financeiro de uma empresa não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível.

04/08/2023 09h36
Por: Redação Fonte: Da Assessoria de Imprensa
Foto:Freepik
Foto:Freepik

Organizar a parte do financeiro de uma empresa não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível. Por isso, quem está começando a empreender deve estar sempre atento às boas práticas de gestão financeira. Elas são essenciais para um bom andamento de qualquer negócio, seja ele grande ou pequeno, não importando a atividade que desempenhe.

 

Os gestores devem se esforçar no intuito de colocar as finanças em ordem antes que seja tarde. Lembre-se: o mercado não oferece muita margem para erros. A maioria das pessoas pensam que exercer uma boa gestão financeira é apenas estar em dia com as contas a pagar e receber, além do fluxo de caixa.

 

A primeira dica é saber precificar a hora do seu serviço. Muitas pessoas têm dúvidas ou medo de estar cobrando caro pelo serviço prestado. Porém, saber como precificar um serviço é fundamental para manter a lucratividade e crescimento do negócio, não importa o ramo de atividade. Antes de precificar, analise seu mercado, conheça seu cliente-alvo, entenda os custos do serviço e verifique sua margem de lucro.

 

A segunda dica é separar a conta bancária de pessoa física da conta de pessoa jurídica. Quem não faz isso comete um erro básico muito comum nos pequenos negócios, ainda mais se forem empresas familiares. Não confunda as finanças pessoais com as corporativas. Tenha separada a conta da empresa e determine períodos e condições para retiradas.

 

Outra dica é ter uma reserva financeira. Ela ajuda o negócio a enfrentar os momentos de turbulências, já que imprevistos e até mesmo oportunidades podem acontecer sem aviso prévio. Tenha reservas definidas conforme o gasto que possa aparecer. Por exemplo: separe a reserva de emergência, a reserva de valor e a reserva para oportunidades.

 

E a quarta e última dica é: indico que registre todas as movimentações financeiras. Isto nada mais é que uma ferramenta para que os gestores tenham acesso a todo o dinheiro que movimenta a companhia. Faça também um estudo para redução de custos, lembre-se custo é igual a unha, tem que cortar sempre; esteja atento ao planejamento tributário; faça um planejamento financeiro a curto, médio e longo prazo e esteja em conformidade com as obrigações contábeis, fiscais e tributárias.

 

Tendo essas quatro dicas como base do seu negócio e seguindo esses passos iniciais, tudo vai dar certo na parte financeira da sua empresa. Caso tenha dúvidas, busque a ajuda de um contador ou um mentor que tenha resultado para ter uma orientação profissional.

 

(*) Leonardo Chucrute é Gestor em Educação, CEO do Zerohum, Professor de matemática, ex-cadete da AFA e autor de livros didáticos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Artigo / Leonardo Chucrute
Sobre Artigo / Leonardo Chucrute
Brasília, DF
Atualizado às 09h01
13°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 24°

12° Sensação
0.51 km/h Vento
72% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/07)

Mín. 14° Máx. 25°

Parcialmente nublado
Amanhã (16/07)

Mín. 14° Máx. 26°

Tempo limpo