Quarta, 25 de Maio de 2022
(61) 99300-9675
Brasília PROJETO

CLDF aprova projeto de Rafael Prudente e facilita licenciamento ambiental para assentamentos rurais de reforma agrária

Os projetos de assentamentos rurais de reforma agrária do Distrito Federal serão submetidos a procedimentos simplificados de licenciamento ambiental. É o que prevê a proposta de emenda à Lei Orgânica (PELO) nº 39/21, de autoria do Deputado Rafael Prudente (MDB), aprovada em segundo turno e redação final pelo Plenário da Câmara Legislativa nesta terça-feira (10).

11/05/2022 05h00
46
Por: Redação Fonte: Da Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os projetos de assentamentos rurais de reforma agrária do Distrito Federal serão submetidos a procedimentos simplificados de licenciamento ambiental. É o que prevê a proposta de emenda à Lei Orgânica (PELO) nº 39/21, de autoria do Deputado Rafael Prudente (MDB), aprovada em segundo turno e redação final pelo Plenário da Câmara Legislativa nesta terça-feira (10). A simplificação do licenciamento vai beneficiar assentamentos em terras da Administração Pública direta e indireta com áreas de até 600 hectares. Atualmente, o limite é de 200 hectares.

O autor da proposta, aponta que a maioria dos assentamentos rurais do DF possui mais de 200 hectares e menos de 600 hectares e que o processo simplificado de licenciamento ambiental já vem sendo adotado em outras unidades federativas.

Na prática, a medida vai permitir a substituição da exigência de apresentação do Estudo de Impacto Ambiental e do Relatório de Impacto Ambiental pelo Relatório de Controle Ambiental e pelo Plano de Controle Ambiental – ou Termo de Compromisso Ambiental definido em resolução do Conselho de Meio Ambiente do DF.

“Não se pode equiparar a instalação de um projeto de assentamento agrário a um empreendimento ou atividade poluidora, desconsiderando as especificidades que envolvem a sua criação no âmbito da política de reforma agrária, sendo que as características dos assentamentos da reforma agrária, cujo fim é a desconcentração fundiária, atendem principalmente à agricultura familiar e indicam baixo impacto ambiental”, argumenta Prudente.

Aos representantes do setor de agricultura familiar que acompanharam a votação no plenário, o distrital informou que, até esta sexta-feira (10), o texto aprovado deve ser publicado no Diário da CLDF. Após isso, a PELO seguirá para a sanção do governador Ibaneis Rocha.

 

Agência CLDF/assessoria Rafael Prudente

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Brasília - DF
Atualizado às 19h43 - Fonte: Climatempo
20°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 27°

20° Sensação
19 km/h Vento
53% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (26/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol
Sexta (27/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 28°

Sol
Ele1 - Criar site de notícias