Quarta, 08 de Dezembro de 2021
(61) 99300-9675
Goiás AGRONEGÓCIO

Agronegócio responde por 62,5% das exportações em outubro

Setor registrou US$ 355,6 milhões em vendas externas no mês e US$ 6,2 bilhões no acumulado no ano. Em relação ao total das exportações do Estado, de janeiro a outubro de 2021, o setor respondeu por 78,6% das vendas externas de Goiás. Em 2020, no mesmo período, esta proporção foi de 80,0%

10/11/2021 06h29
37
Por: Redação Fonte: Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa)
A suspensão das compras de carne bovina pela China impactou os resultados. Mesmo assim, nas negociações de Goiás- de janeiro a outubro deste ano- o acumulado é de US$ 6,2 bilhões (2021) contra US$ 5,6 bilhões (2020) (Foto: Adobe Stock)
A suspensão das compras de carne bovina pela China impactou os resultados. Mesmo assim, nas negociações de Goiás- de janeiro a outubro deste ano- o acumulado é de US$ 6,2 bilhões (2021) contra US$ 5,6 bilhões (2020) (Foto: Adobe Stock)

As vendas externas do agronegócio goiano totalizaram US$ 355,6 milhões em outubro de 2021. O valor (FOB) correspondeu a 62,5% do total das exportações do Estado, que somaram US$ 569,3 milhões no mês. Os números foram divulgados na última sexta-feira (5/11) pela plataforma Comex Stat do Ministério da Economia. Os cinco itens agropecuários mais comercializados por Goiás foram: complexo soja (US$ 135,1 milhões); carnes (US$ 117,4 milhões); complexo sucroalcooleiro (US$ 36,6 milhões); cereais, farinhas e preparações (US$ 20,7 milhões); e couros, produtos de couro e peleteria (US$ 16.9 milhões).

Como já esperado, a suspensão das compras de carne bovina por parte da China impactou os resultados. Mesmo assim, no acumulado de janeiro a outubro deste ano, os valores (FOB) obtidos por Goiás nas negociações de produtos do agro com outros países superaram os do mesmo período do ano passado: US$ 6,2 bilhões (2021) contra US$ 5,6 bilhões (2020). No que diz respeito à participação do agro em relação ao total das exportações do Estado, de janeiro a outubro de 2021, o setor respondeu por 78,6% das vendas externas de Goiás. Em 2020, no mesmo período, esta proporção foi de 80,0%.

“A redução das compras chinesas começou a ser sentida no mês de outubro e não pode ser desprezada. Mas vale destacar que o setor do agronegócio segue com saldo positivo em relação a 2020, o que é importante para a economia goiana neste momento de retomada”, afirma o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendonça.

No décimo mês do ano, Goiás exportou US$ 75,1 milhões em carne bovina para 49 países. O Chile foi o principal comprador do produto, seguido por Estados Unidos, Egito, Hong Kong e Emirados Árabes. Apesar da redução nas aquisições de carne bovina, a China seguiu como maior parceiro comercial do Estado. Em outubro, o país asiático comprou US$ 53,0 milhões em produtos do agro goiano. Irã, Indonésia, Bangladesh e Chile também se destacaram entre os cinco maiores. A lista completa de compradores de produtos agropecuários goianos no mês tem 110 países.

Saiba mais

O Comex Stat é um sistema para consulta e extração de dados sobre o comércio exterior brasileiro. Gerenciada pelo Ministério da Economia, a plataforma dispõe de informações a partir de 1997 e é atualizada periodicamente.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasília - DF
Atualizado às 12h27 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 17° Máx. 28°

27° Sensação
6 km/h Vento
58% Umidade do ar
80% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (10/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias